Relato de Viagem Visconde de Mauá/RJ-Maringa/RJ-MG-Maromba

                                                   

                                                                                   MARCELO COLONO- SP

Como era o ultimo feriadão do ano, gostaria de fazer uma viagem de inverno
bem legal. Decidimos então por Visconde de Mauá, Maringá e Maromba, a região
 é muito bonita com muitas montanhas e inúmeras cachoeiras.
  

Encravada na Serra da Mantiqueira entre os estados do Rio de Janeiro
e Minas Gerais, divisa esta feita pelo Rio Preto que corta as cidades dixando
Visc. de Mauá p/ o lado do RJ e Maringá e Maromba p/ MG.

   18/07/03 - Começando pela arrumação das malas que foi surpeendente como
couberam tantas roupas de frio em tão pouco espaço.

   19/07/03 - Malas colocadas, DR em ordem partimos rumo a Penedo-RJ pela
Rod. Airton Senna e Dutra.
   Alguns KMs depois da divisa de estado SP/RJ vc passa pelo primeiro Posto
da Polícia Rodoviária Federal, logo em seguida (50m) já aparece a entrada
p/ Penedo.
   Rodamos uns 15km por uma pequena rodovia asfaltada e chegamos no trevo
de Penedo, passamos pelo trevo e continuamos mais uns 7km de asfalto. Daí
em diante são 20km de estrada de terra p/ atravessarmos a Serra da Pedra
Selada e chegar em Visconde de Mauá. Como nosso chalé ficava entre Mauá
e Maringa, rodamos mais 3km.
   Já instalados no chalé fomos até o centro (uma rua) de Maringa p/ almoçar.
Já satisfeitos fomos dar umas voltas até Maromba e no final de tarde retornamos
p/ o chalé.

   20/07/03 - Acordamos c/ a sinfonia dos pássaros, tomamos um bom café
e partimos p/ conhecer as inúmeras cahoeiras da região de Maromba na parte
da manhã e Maringa logo depois do almoço.
   P/ fechar o dia fomos até a Toca da Raposa  e Cachoeira da Saudade em
Mauá e fomos presenteados por um espetacular por do sol que veio nos iluminado
em meio as Auracárias que contornavam a estradinha de terra.

   21/07/03 - Levantamos bem cedo pois o dia teria que render bastante.
Primeiro fomos até a cachoeria do Alcantilado, que p/ chegar até lá dá em
média 01:30hs de caminhada passando por 9 belas cachoeiras. Tomamos um lanche
rápido e partimos em direção ao Pico da Pedra Selada que fica a 1780m, sendo
que da base da fazenda até o topo são 2.200m de escalada bem íngrime que
fiz em 02:40hs c/ ajuda de um "cajado" que encontrei no meio do caminho,
e c/ muita água e muito esforço.                                   Chegando
ao topo a vista é impressionante, vc consegue ver o Pico das Agulhas Negras
e o Lajeado em Itatiaia, toda a cidade de Rezende-RJ e montanhas e mais
montanhas que vão sumindo no horizonte.

   22/07/03 - Saímos da cama s/ vontade alguma, pois sabíamos que era dia
de partir e a arrumação de tudo seria inevitável. Mas logo nos animamos,
pois conhecemos mais este lugar tão lindo e ainda tão preservado que o nosso
BRASIL nos proporciona.
 

P/ curtir a noite são 3 opções:
     MAUÁ p/ pessoas que ñ gostam muito do agito e que preferem coisas mais
sofisticadas.
     MAROMBA p/ os que tem um estilo Ripe de viver, muitos "Bichos Grilo"
pelas ruas e um clima mais Zen.
     MARINGA que é onde existem muitos bares e restaurantes e a noite é
bem agitada.

    Gastei praticamente 3 tanques de gasolina, R$ 500,00 pelos 4 dias do
feriado mais refeições.
    Recomendo a todos.

 
                                                                                    FOTOS